Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Dezembro, 2010

uma tradição pessoal

É uma tradição pessoal; soa-me a antigo, mas não me lembro de facto de quando vem. Todos os anos, neste último dia do ano, sento-me a fazer um balanço escrito do ano, sobretudo nas coisas difíceis (e seu significado) e nas coisas boas, que significaram mudança. E faço isto ao som dos discos que mais ouvi ao longo do ano: a banda sonora do ano ajuda e celebra tudo isto.
Este ano, o que ouvi e se gravou em mim:

- Mozart: Requiem
Coro e Orquestra da Rádio da União Soviética, Nikolai Golovanov (1951)
Archipel
Comprei-o em Berlim na loja mais próxima do paraíso: a Dussman, com a maior colecção de música clássica que vi no mundo, durante a minha viagem Berlim-Istambul.
Música religiosa pela orquestra da URSS: mas sem a respiração beata de algumas versões, o que de facto vibra aqui é a violência final desta música; a gravação de 1951 e o facto dos intérpretes terem mortes na voz (da guerra que há seis anos atrás acabara) dá-lhe uma ressonância maior. O coro é assustador, os baixos e os tímbales ap…

Febre

Terceira vez depois dos 33.
Isto começa a parecer-me mal. Sempre ouvi dizer que os 30 se sentiam, mas os meus adoecem, suam, gargantam e enfebrecem.
Pergunto-me se haverá uma espécie de complexo de calvário nos 30. Tem que se passar, como o Cristo. Pode ser um objectivo para estes dias de cama, em que conheço o tecto da minha casa de cor, os ruídos dos vizinhos e da rua, a ordem dos livros na prateleira. Ler, nem dá: os olhos estão inchados e as letras dançam. E eu que feliz quando o médico disse "três dias de molho" fui buscar o carrinho do supermercado com as dezenas de livros que não pude ainda ler.

Mas o pior é quando a febre vem. Só tinha lembranças disto da minha infância, quando o quarto parecia andar à volta, se sentiam as aragens todas, e o coração batia depressa ao ritmo do frio. O corpo parece tomar posse do corpo. Da batalha que se passa cá dentro eu sou apenas o campo. Não posso fazer nada. Não conheço o rosto das bactérias e dos glóbulos brancos que vão morrendo a…